Notícias

11 Fev 2019 | 19h45

Milho: Negociação do cereal de 2017/18 no MT chega a 98,4%

São Paulo, 11 - A comercialização do milho segunda safra da temporada 2017/18 de Mato Grosso chegou a 98,4% do total em fevereiro, avanço de 3,23 pontos porcentuais em relação ao apurado em janeiro, segundo boletim do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea). O número supera levemente a média dos últimos cinco anos, de 97,2%. "Grande parte dos negócios foi destinada à demanda do mercado interno", disse o instituto, acrescentando que o preço de médio de venda foi de R$ 22,84/saca até o momento. No norte do Estado, toda a produção de safrinha já foi negociada.

Com relação ao cereal do ciclo 2018/19, 46,5% já foram vendidos, 5,88 pontos porcentuais acima do verificado no mês passado. A negociação está adiantada em comparação à média dos últimos cinco anos, de 34,4%, "reflexo da valorização do milho no mercado externo e do dólar elevado nos meses anteriores", de acordo com o Imea. "Apesar do recuo do dólar e do prêmio de exportação em relação ao que foi visto no mês passado, agentes reportaram compras de empresas se posicionando no mercado", explicou o instituto. Com isso, o preço médio de comercialização até o momento é de R$ 20,76/saca. A comercialização está mais adiantada no médio-norte, com 51,9% da produção vendida.

O Imea destacou também a participação de Mato Grosso nos embarques de milho em janeiro, considerados expressivos. Dos 4,22 milhões de toneladas do cereal embarcadas no País, 57% ou 2,41 milhões de toneladas, eram do Estado. No acumulado da safra 2017/18, já foram enviados ao exterior 15,52 milhões de toneladas de milho colhido em Mato Grosso. "Daqui para a frente, com a entrada da safra de soja, a tendência é de desaceleração dos embarques de milho; no entanto, os volumes dos próximos meses devem continuar sendo um sinalizador para os preços neste período de entressafra", avaliou a entidade.

Fonte: Q10/Estadão Conteúdo

SAC - Serviço de Atendimento Castrolanda
0800.421050 | 42 3234.8000